Dom José Francisco abre a Porta da Misericórdia no Ano Santo Jubilar

Misericórdia-04-600x400Em sinal de unidade com o Vaticano, e atendendo ao apelo do Papa Francisco, o Arcebispo da Arquidiocese de Niterói, Dom José Francisco presidiu a solenidade de abertura  da Porta Santa da Catedral Metropolitana, a igreja Mãe da Arquidiocese, no dia 19 de dezembro.

Movidos com grande fé e o desejo de encontrar o rosto misericordioso do Pai, aproximadamente dois mil fiéis participaram da solenidade, no centro de Niterói.

 O rito foi iniciado em frente à Catedral Metropolitana, de cuja celebração participaram também o Arcebispo Emérito de Niterói, Dom Frei Alano, o Vigário Geral, Padre Carmine Pascale, sacerdotes e diáconos.

Misericórdia 03O Jubileu da Misericórdia teve início no dia 8 de dezembro de 2015, na Solenidade da Imaculada Conceição, com a abertura da Porta Santa da Basílica de São Pedro, que permanecerá aberta durante todo o Ano Santo da Misericórdia, estendendo-se até o dia 20 de novembro de 2016.

Na homilia, Dom José Francisco disse: “Podemos dizer que a misericórdia é o temor das entranhas de Deus. Nós não sabemos quem é Deus. Nunca vimos Deus. Nunca fomos apresentados a Ele em pessoa. Mas não há quem não tenha experimentado alguma    pequena manifestação, por menor que seja, do estranho e carinhoso jeito de Deus ser Deus.”

Misericórdia 02“Quem abrir a porta e quem entrar jamais sentirá nem a fome de alimento que corrompe o corpo, nem a fome da existência que embarga a alma. Esta é a fome do filho pródigo, a fome que nos leva a todos, todos os filhos pródigos, de volta à casa do Pai.”       (…)  “Esta porta, que será aberta, é sinal do nosso coração chamado a se abrir para Deus e para os irmãos. Esta porta da misericórdia chama-nos a ser misericordiosos como o Pai, revelando sua ternura e amor aos irmãos.” (…) “ Abençoados somos, todos e     todas, por quem o Pai espera com desvelos de mãe, e cotovelos à janela, todos os dias, até que voltemos. Deixemo-nos alcançar por seu amor misericordioso! Amém.”, concluiu o Arcebispo.

Após a benção final, aconteceu a abertura da Porta Santa da Catedral. Entoado o hino da misericórdia,  Dom José leu o decreto de proclamação do Ano Jubilar. Após a leitura, o Arcebispo abriu a Porta Santa. Em seguida, ao som do Hino e da bênção, dada com o Evangeliário, foi, solenemente inaugurado o Ano da Misericórdia, na Arquidiocese de Niterói.

Ao terminar o ritual de abertura, Dom José Francisco, Dom Frei Alano e o clero adentraram a Catedral, passando pela Porta Santa,   seguidos pelos fiéis.

Misericórdia 01Paróquias onde podem ser recebidas as indulgências no Jubileu da Misericórdia

O dom da indulgência manifesta a plenitude da Misericórdia de Deus, expressa em primeiro lugar nos sacramentos da Penitência e da Reconciliação.

Confira as Paróquias, por vicariatos:

 Vicariato Niterói – Catedral de São João Batista.

 Vicariato Oceânico – Paróquia Santa Terezinha em Rio do Ouro.

Vicariato Lagos – Paróquia de São Pedro em São Pedro da Aldeia.

 Vicariato Rural – Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo Crucificado em Porto das Caixas – Itaboraí e a Paróquia Nossa senhora da Conceição – Rio Bonito.

Vicariato Alcântara – Paróquia São Pedro de Alcântara em São Gonçalo.

Vicariato São Gonçalo – Paróquia São Gonçalo do Amarante.

Por João Dias
Fotos Thiago Maia